Como contratar e qualificar motoristas

Dentro de uma empresa que transporta passageiros ou cargas, seu quadro de colaboradores tem suma importância, em especial o motorista. Mas como contratar e qualificar motoristas?

Profissão: motorista.

O motorista profissional é o trabalhador que exerce sua atividade profissional na condução de um veículo rodoviário. Sendo delimitado por direitos e responsabilidades inerentes à profissão. Este profissional é responsável por conduzir passageiros, ou cargas através de um trajeto ou destino pré-estabelecido.

Cada tipo de serviço está relacionado a uma categoria e habilitação específica, e para atuar na profissão é necessário ter conhecimento de rotas, leis de trânsito, e normas se segurança; é necessário possuir raciocínio rápido e prudência.

Recrutar e qualificar motoristas

O motorista é peça fundamental numa empresa de transportes, por isso o processo seletivo destes profissionais é essencial para o sucesso das empresas.

Os gestores de frotas ou de empresas que realizam transporte possuem uma tarefa desafiadora: contratar um bom motorista. Isso acontece, principalmente, pela falta de qualificação dos profissionais para comandar veículos que são, cada vez mais, modernos e tecnológicos. Além disso, é claro, pelo fato de exigir muita responsabilidade do condutor diante do caminhão/ônibus e também da carga transportada durante todo o trajeto.

Como recrutar?

Escolher os melhores dentre candidatos é papel estratégico da área de Recursos Humanos, e das diversas etapas que compõem o processo seletivo para motoristas, a realização da avaliação prático-operacional é importantíssima. Por isso, crie um padrão lógico e criterioso, para se estabelecer o perfil técnico-operacional de cada candidato. A falta de critérios objetivos previamente definidos e de instrumentos adequados para medir o desempenho dos candidatos pode fazer com que a empresa perca na eficiência e eficácia de seu processo seletivo.

É importante que os candidatos consigam comprovar experiência e a escolaridade exigidas, bem como apresentar a documentação pessoal solicitada e demonstrar uma postura adequada e boa aparência. Também é valido ressaltar a importância de realizar testes de habilidade para selecionar os candidatos com maior potencial e também o controle emocional. A situação de seleção por si mesma é desencadeadora de uma série de sentimentos, que interferem no desempenho do candidato. Alguns deles, inclusive, interferem negativamente no seu desempenho, como por exemplo: nervosismo, tensão, medo, ansiedade, apatia.

Dentro do processo seletivo é importante verificar se o perfil dos candidatos está de acordo com o da empresa. Boas práticas, inovação, atividades sociais, entre outros aspectos podem ser verificados.

Como qualificar?

Após a contratação do profissional, cabe ao gestor de frota criar o melhor ambiente para o recebimento deste colaborador. Apresentar a empresa, os equipamentos, a equipe de colaboradores do setor. Além de como obter os recursos necessários para o exercício de suas atividades. São estas algumas das atribuições do gestor de frota na chegada do funcionário. Fica como responsabilidade da empresa fornecer treinamento e capacitação profissional, veículos bem cuidados, remunerações e jornadas de trabalho adequadas.

Criar um programa de capacitação e valorização interno é muito importante para satisfação dos funcionários, por isso, invista em cursos e atividades que tragam envolvimento entre os colaboradores. O segmento do transporte atualmente busca produtividade máxima com custos mínimos. Dedicar um tempo maior ao planejamento e ter em seu quadro de colaboradores capacitados. É fundamental que os motoristas dos veículos da frota atendam às expectativas e necessidades da transportadora.

Saiba mais em nosso site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *